UpInside Treinamentos

Os 5 passos que você deveria dar antes de começar a trabalhar com Banco de Dados

Neste artigo vamos abordar Os 5 passos que você deveria dar antes de começar a trabalhar com Banco de Dados. Tais como SGDB, Compatibilidade e Backup!

Os 5 passos que você deveria dar antes de começar a trabalhar com Banco de Dados
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar na UpInside

Salve salve Galera, vamos começar uma serie de posts relacionados a banco de dados?

Estou preparando um conteúdo introdutório aqui para quem não está familiarizado ficar por dentro do que é e como funciona!

Nesse artigo você irá encontrar 5 itens importantes que você deve levar em consideração quando for trabalhar com banco de dados: 

A Primeira Grande Verdade sobre Banco de Dados:

Logo de cara, vamos para a primeira grande verdade sobre banco de dados, num âmbito geral: Nunca há somente uma única solução para o problema!

Calma, programação continua sendo lógica e a matemática ainda é exata… Mas isso quer dizer que a maneira de se pensar em resolver o problema, faz com que eu resolva de determinada forma, e você resolva de outra!

Isso não quer dizer que um de nós dois está errado ou certo, ou meio errado e meio certo!

“[...] Ainda não entendi o motivo dessas informações acima! [...]”

O motivo que digo isso é porque eu posso resolver o problema adicionando um CASE na query, outro pode adicionar uma coluna no banco de dados e outro ainda pode criar uma tabela para resolver o mesmo problema! Cada um pensou numa lógica para resolver, mas qual dessas soluções é a mais otimizada?

A mais otimizada é sempre a mais viável?

Tudo isso é questionável e a decisão de qual forma é a melhor é unica e exclusivamente do programador ou do time de desenvolvedores… Essa decisão não cabe ao cliente ou uma pessoa de fora do projeto que não conhece a sua modelagem ou não participa ativamente do negócio.

Óbvio que devemos prezar sempre pela segurança, confiabilidade das informações e disponibilidade dos dados!

[...]SGDB não é Banco de Dados[...]

Banco de Dados, SGDB e Interface Gráfica:

Para quem não sabe o que é a sigla SGDB (ou ainda SGBD), é Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados (ou DataBase). Ou seja, é o sistema que você usa para executar suas consultas, manipular seus registros, criar seus relacionamentos, mapear e gerir toda estrutura do seu banco. Ou seja, o SGDB é o banco de dados propriamente dito!

Uma confusão que geralmente é feita (e até mesmo nós) é considerar o phpMyAdmin, o SequelPro o Navicat entre outros, como sendo o sistema de gerenciamento de banco de dados! Por mais que esses aplicativos gerenciem o banco de dados e você possa manipular os registros através deles, eles são apenas interfaces gráficas para trabalhar com o SGDB.

Os SGDB's comuns que encontramos hoje para se trabalhar é o Mysql, MariaDB e Postgres! Isso pensando no cenário web, para desktop há várias outras plataformas como Oracle, SQL Server, Firebird entre outras plataformas. Cada um tem sua particularidade, mas SQL é SQL!

Entre as várias interfaces gráficas do SGDB, podemos citar phpMyAdmin, SequelPro, Navicat, DbVisualizer, Mysql WorkBench entre outros… Notou algo em comum entre eles?

Você pode utilizar todos eles ao mesmo tempo e cada um trabalha independente do outro, ou seja, essas interfaces não são o banco de dados em si! O banco de dados é o core do serviço que roda todas as suas consultas, como por exemplo mysql, mariadb, postgres, sql server, oracle…

Esses sistemas (interfaces gráficas) apenas manipulam o banco de dados (SGDB).

Enquanto eu respondia os tickets, chegava inúmeras dúvidas como por exemplo:

“Executei a consulta no phpMyAdmin e deu erro, e fiz o mesmo procedimento no Navicat e no MySql WorkBench e também não funcionou… Não funcionou em nenhum dos 3!”

Umaaaa gaaaalera já reportou isso para mim, mas veja que se não funcionar em um aplicativo, nos demais também não vão funcionar pois eles só executam! Quem manda em tudo é o Banco de Dados em si. Em resumo, não importa qual programa você utilize, eu posso usar o Navicat e você o MySql WorkBench e tudo o que eu fizer no meu sistema você conseguirá reproduzir no seu... Apenas será em outro botão que estará em outro lugar da tela!

Compatibilidade entre versões:

Se você vem seguindo as trilhas aqui da Up, provavelmente já notou que no Curso PHP Orientado a Objetos o tio Rob usa PDO! O famoso PHP Data Object.

Pensa numa extensão simpática! Ela simplesmente torna sua aplicação multibanco, segura e leve. O motivo de lembrar o PDO aqui, é que você pode estar trabalhando com outro banco de dados e queira migrar para o MariaDB, ou ainda trabalhe com o MariaDB e queira testar outra plataforma…

Se você usar o SQL (linguagem de manipulação do banco de dados), as suas queries provavelmente vão funcionar em quase todos os bancos… É claro que cada banco de dados tem sua particularidade e sua vantagem e até mesmo sintaxes personalizadas, mas SQL é SQL!

E se você ainda trabalha com Mysql, acredito que você estará no máximo na versão 5.6! Recomendo fortemente que migre para a última versão do MariaDB, pois está bem leve, possui novas engines para trabalhar com tipos de dados e tem se mostrado bem estável.

Em host compartilhado essa migração pode ser um pouco complicada, mas acredito que vale a pena o upgrade de versão para o MariaDB, afinal se o Google usa, quem somos nós para discordar :)

Ter Backup é fácil, quero saber se ele funciona:

Já sabemos o que um UPDATE sem WHERE pode fazer… Imagina um DELETE? Quem nunca perdeu uma noite tranquila de sono por um desses motivos ou está começando agora ou é um programador Nutella!

Isso é o básico para qualquer um de TI, mas não ter backup de banco de dados é a treva! Não ter backup no mínimo de D-1 (ontem, hoje - 1), deve adorar viver perigosamente!

"[..] Rááá, dessa eu escapei! Eu tenho backup! [...]"

Você pode até ter o backup que o seu host fornece, mas por algum motivo já experimentou efetuar o restore do backup para saber se será importado de forma integral? Se importado, você já confrontou as informações (nem que seja um count nas tabelas) para saber se todos os registros de fato estão lá?

Sabia que no processo de restore, há uma opção [FOREIGN_KEY_CHECKS] que geralmente é desabilitada para que possa ser importado o dump e isso significa que as suas chaves estrangeiras (foreing keys) não foram verificadas?

O ideal é que você tenha uma aplicação na manga para validar e confrontrar seu banco de dados de produção com o seu restore para saber se ele está integro ou não!

[Se a galera curtir a ideia podemos até montar uma aplicação para fazer essa validação? Que tal? Me informe nos comentários aqui abaixo o que você acha da ideia]

Deus queira que você nunca precise contar com backup, maaaaas é melhor prevenir do que remediar! Pra quê arriscar, não?

O Tópico mais importante:

O último sempre é o mais importante né? Mas é bem simples! Os quatro itens que abordei acima, pode ser que você já soubesse a respeito mas agora eu quero que você me diga qual a dúvida que você tem, o que você gostaria de saber sobre banco de dados, modelagem, estruturação do banco…

Deixa aqui nos comentários sua dúvida, e eu vou preparar um conteúdo legal para responder sua questão :)

Assim como toda a galera aqui da up já conhece o padrão do tio Rob (a mão do $Read->ExeRead chega a tremer) eu vou criar esse relacionamento (foreing key? rs) com vocês por vários motivos:

  • Ficar mais próximo de vocês
  • Conhecer melhor as dúvidas que vocês tem sobre o assunto
  • Encontrar o gargalo, para que eu possa ajudar vocês a melhorar nessa skill
  • Alinhar o formato de como me comunico com vocês, pois o nosso treinamento de MariaDB está no forno!

Além disso, espero que eu possa contribuir com dicas e ideias para que possam implementar de imediato na sua modelagem e nas suas queries e fazer com que elas sejam mais otimizadas, rápidas e seguras.

Então fico por aqui nesse meu primeiro post na UP, comente aqui abaixo o que achou e...

$Read->FullRead(); //#BoraProgramar
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar na UpInside

Olá, deixe seu comentário para Os 5 passos que você deveria dar antes de começar a trabalhar com Banco de Dados

Já temos 97 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Ivan Alves

Ivan Alves

Gustavo então,

Já que digamos que o Mysql esta se aposentando e o MariaDB está na área, uma coisa que quero saber é, em outros banco de dados como SQL Server possuem suporte a multi tenancy, para criar estancias de banco de dados, útil para sistemas multi empresa, porém até o momento que pesquisei o MYSQL está devagar em implementar isso, no MariaBD como que está a situação dessa funcionalidade?
★★★★★DIA 08.05.17 23h01RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Cara, no MariaDB eu nunca precisei trabalhar com várias instancias... Sempre que preciso eu crio uma nova base e toda a configuração que utilizo é a mesma! Já li algumas coisas sobre, mas se me recordo bem os benchmark feitos eram do tipo "inconclusivo" pois os N fatores de desempenho de um banco de dados e ficava difícil testar a performance do SGDB (isso ainda quando era o Mysql 5.X).


Eu sei que o Postgres você pode trabalhar com schemas e com hierarquia de tabelas para montar somente uma instância mas trabalhar com várias empresas dentro do mesmo banco! Já trabalhei com estrutura no Postgres com 1 servidor físico abrigando algumas dezenas de banco e cada banco abrigando em torno de 1 dezena de "empresas" e tudo isso com um grande volume de dados...


Vou me atentar sobre o assunto no MariaDB :)

★★★★★DIA 10.05.17 13h45RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Ivan Alves

Ivan Alves

Quando voce trabalha com grande volume de dados, uma unica base é suficiente ou você prefere fazer igual o exemplo do Postgree?, não sei se vc já comentou isso em algum artigo, mas você poderia dar sacadas de otimização nesses casos
★★★★★DIA 10.05.17 17h36RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Cara, é díficil ter uma empresa que somente ela tenha uma modelagem grande o suficiente ou com quantidade de informações o suficiente para chegar a esse ponto! A empresa que eu trabalhava era gigante, e os bancos tinham em entre 900 a 1400 tabelas por banco... E com tabela batendo a casa do BI-lhão de registros...


A minha dica é a seguinte: Dá mais trabalho, mas cada cliente, cada empresa deve ter o seu próprio banco de dados e se possível até balanceado (N clientes por servidor) assim se você tiver uma situação de catástrofe você derruba alguns clientes e não todos! A manutenção fica beeeeeem mais trabalhosa, morosa e diga-se de passagem até aumenta a chance de ter uma falta de sincronia entre eles! Mas eu sou da opinião que é melhor confiar em você para ter atenção e não fazer caca, do que contar com a energia do DC, ou torcer para não romper nenhuma fibra e ficar com tudo off.


Até porque você basicamente 2 formatos de trabalhos: Ou você trabalha como uma loja integrada por exemplo tendo milhares de sites usando o mesmo sistema com o mesmo relacionamento de banco de dados (o que faria mais sentido para o tenancy) ou você vai ter poucos clientes grandes (pensa numa petrobras, ou um banco itaú, bradesco por exemplo) onde você tem uma instancia com um mundo de informações...


Independente das situações, acredito que tem que ter um equilibro e se preciso segmentar o banco em mais de uma aplicação :)

★★★★★DIA 10.05.17 18h19RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
André Gomes

André Gomes

Gostei muito desta matéria e aguardo ansiosamente o curso. Obrigado
★★★★★DIA 27.03.17 11h55RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Rodolfo De souza pereira

Rodolfo De souza pereira

Gostei do post, minhas dúvidas sobre BD são "procedures triggers and functions" e os Join's da vida, ainda consigo fazer um CRUD meio torto mas roda de boa, sobre a aplicação da validação eu acho uma boa, mas como já tem uma galera CRANIO envolvida acredito que minha ajuda seja desnecessária. Forte Abraço!
★★★★★DIA 27.02.17 23h31RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Suas dúvidas já estão num módulo avançado da coisa :)


Pelo que vejo você já tem um conhecimento de banco de dados, mas de qualquer forma eu sugiro você ficar de olho assim que lançarmos o treinamento de MariaDB... Vamos ter um módulo falando só sobre funções, triggers e procedures!

★★★★★DIA 01.03.17 09h53RESPONDER
Rodolfo De souza pereira
Enviando Comentário Fechar :/
Alberto Dias

Alberto Dias

Show de post
★★★★★DIA 25.02.17 20h35RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

\o/

★★★★★DIA 27.02.17 09h41RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Rimario Rocha

Rimario Rocha

Muito bom este conteúdo. Robson trabalho num órgão público que trabalha com Excel, trabalho no setor de suprimentos, relatórios, triagens de compras, tudo em n filtros de Excel. Queria transformar em sistema web em PHP e com regras (fórmulas) para conforme regras de negócio o sistema me informar de compras a serem feitas. Quando e onde será essa apresentação?
★★★★★DIA 25.02.17 11h50RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

De fato trabalhar com Excel acredito não ser a melhor opção! Já pensou se alguém deleta essa planilha? Claro que pode-se ter vários e vários backups, mas e se alguém alterar? Quem alterou? Recomendo continuar estudando as possibilidades e assim que possível transformar isso num sistema de controle! Independente de web ou não, para a saúde da empresa isso é necessário.

★★★★★DIA 27.02.17 09h43RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Artur Varandas

Artur Varandas

Seria interessante abordar no curso a criação de usuários e suas permissões, e backups e validações de backups.
★★★★☆DIA 25.02.17 00h55RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Iremos ver esse assunto sim! Por ser um conteúdo mais avançado a questão de permissão de usuários provavelmente será nos módulos posteriores, mas o nosso treinamento de MariaDB terá sim sobre permissões :)

★★★★★DIA 27.02.17 09h46RESPONDER
Artur Varandas
Enviando Comentário Fechar :/
Gabriel Coutinho Pereira

Gabriel Coutinho Pereira

Estou fazendo o o curso de Sistema de Informação e ele não explica tão simples assim, mesmo sendo texto.
★★★★★DIA 24.02.17 21h21RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Fiz Ciência da Computação e de fato a materia que a gente tem na universidade nos forma como pesquisador e não para trabalhar de fato com banco de dados ou qualquer outra aplicação! É essencial que você tenha o conhecimento teórico, mas obviamente que o prático prevalece no mercado de trabalho. Fica de olho sempre aqui na UP que eu vou estar sempre trazendo novos conteúdos com a linguagem mais simples e direta possível!

★★★★★DIA 27.02.17 09h52RESPONDER
Artur Varandas
Enviando Comentário Fechar :/
Anderson Conti Soprana

Anderson Conti Soprana

Olá pessoal!!! Como sempre impressionante.... Acho que aqui não tem muitos especialistas em SGDB e essas dicas sempre ajudam... Porque nao oferecer cursos sobre SGBD na Upinside? Vamos abrir mais portas expandindo a área de atuação pois estou gostando muito dos cursos..
★★★★★DIA 24.02.17 20h03RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Teremos sim o curso de MariaDB! Já estamos modelando o curso para que esteja disponível no club para a galera...

★★★★★DIA 27.02.17 09h54RESPONDER
Vitor Andreão Guilherme
Enviando Comentário Fechar :/
Carlos Da Paixão Armindo João

Carlos Da Paixão Armindo João

Ai Gustavo, você tocou na ferida!
Eu sempre me preocupei muito com Gestão de BD, e proucurei por materiais do Género.
Obrigado ta! Se for ao fundo vai resolver um problemão.
★★★★★DIA 24.02.17 19h41RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Vamos nos aprofundar bastante no assunto! Como o conteúdo será bem extenso, vamos ver se será tudo num único curso ou se vamos segmentar em mais treinamentos.

★★★★★DIA 27.02.17 09h56RESPONDER
Carlos Da Paixão Armindo João
Enviando Comentário Fechar :/
Anderson Dos Santos Caparróz

Anderson Dos Santos Caparróz

Top Gustavo! Quero saber mais sobre stored procedures e triggers. Também tenho dificuldade em personalizar o banco de dados e depois atualizar o core para versão mais atuais do WC.
★★★★★DIA 24.02.17 13h31RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Eu criei uma ferramenta separada do WC (mas que pode ser implementada dentro dele se preciso) que vai ser uma "mão na roda" atualizar o banco de dados! Em breve vou disponibilizar a ferramenta dentro de download.workcontrol.com.br!

★★★★★DIA 27.02.17 09h44RESPONDER
Artur Varandas
Enviando Comentário Fechar :/
Gastao Neto

Gastao Neto

Show, como sempre a UpInside trazendo boas informação. Valeu. Esperamos os próximos.
★★★★★DIA 24.02.17 11h33RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
António Miguel

António Miguel

Olha Gustavo Web o post é bem importante para sanar algumas duvidas que muitos de nós devs de uma outra forma temos.
Mais a minha grande duvidas com banco esta no planeamento, analise e estruturacao de um banco de dados.
poderias tocar fortemente neste assunto no curos e em relação as questões acima apresentanda criar casos de usos destas problemas que muitos de nós apresentamos na implementações na vida real.
★★★★★DIA 24.02.17 06h11RESPONDER
Gustavo Web, Carlos Da Paixão Armindo João
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Sim! Vamos ter módulo só falando sobre abstração de dados, modelagem do banco e como adequar sua estrutura para resolver um problema real.

★★★★★DIA 24.02.17 10h21RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Aldemir Souza

Aldemir Souza

Muito bom parabéns! Quero muito fazer esse curso aí e a aplicação ajudaria demais. #BoraProgamar!!!
★★★★★DIA 23.02.17 23h11RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Então #BoraProgramar

★★★★★DIA 24.02.17 10h20RESPONDER
Aldemir Souza
Enviando Comentário Fechar :/
Mikael Guerreiro

Mikael Guerreiro

Eu aprendi a criar as table via console e tudo mais no TI, mas ja caiu no esquecimento, mas seria muito bom o curso, as trigger ate onde eu sei são coisas Lindas, as funções com timestamp pra agendamento de tarefas, acho que todo programador deve conhecer pra saber como tudo funciona no modo geral.

Outra é saber configurar o backup do servidor seria algo bacana de se aprender!
Ótimo post Guru!
★★★★★DIA 23.02.17 16h54RESPONDER
Gustavo Web, Alex Hollanda De Oliveira, Aldemir Souza, Carlos Da Paixão Armindo João
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

A tal da trigger é uma mão na roda... Mas tem que usar com juízo :)


Vamos abordar todas essas questões no nosso treinamento.

★★★★★DIA 23.02.17 16h57RESPONDER
Mikael Guerreiro, Aldemir Souza, Carlos Da Paixão Armindo João
Enviando Comentário Fechar :/
Wesley Reis

Wesley Reis

Ótimo post!
★★★★★DIA 23.02.17 14h23RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Francisco De Castro Pires Ferreira

Francisco De Castro Pires Ferreira

Muito bom o seu post Gustavo.
Era o que faltava na Up e digo isto sem desmerecer o Tio Rob; diante da tarefa da ensinar PHP, HTML5, CSS, JQuery, FaceBook Ads, Active Campaign, etc , o assunto Banco de Dados sempre ficou relegado a uma função auxiliar dentro do contexto dos demais cursos.
Ter um curso específico de Banco de Dados será mais um diferencial para a Up.

Eu, particularmente, gosto de dominar as "ferramentas" que utilizo e BD é uma que apenas sei utilizar no básico.

Vamos colocar assim:
Gustavo, of the house UpInside, the first of his name, King of the Database Manager, Lord of the foreign keys and protector of the queries.
Knowledge is coming ...
★★★★★DIA 23.02.17 12h52RESPONDER
Gustavo Web, Mikael Guerreiro
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Hahaha Massaaaaa demaaais cara! GOT! Eu entendi a referência :)


Show cara, bora programar e dominar o banco de dados também.

★★★★★DIA 23.02.17 16h10RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Leonardo Conde

Leonardo Conde

Banco de Dados sempre me interessou. Apesar de não ter problemas em utilizar o banco da forma que o Robson usa nas aulas de PHP, senti muita falta de uma explicação mais detalhada, sabe? Tenho muitas dúvidas de como montar o relacionamento de aplicações mais complexas, onde minha variáveis têm filhas e "netas". Fiz um sistema onde eu preferi colocar as Categorias em uma tabela separada das sessões (O Robson colocou os dois na mesa tabela). Isso organizou mais meu sistema, ficou mais fácil de atualizar, mas ao mesmo tempo, me fez ter que usar mais uma query, instanciar mais um objeto para poder buscar nas duas tabelas. Além disso, já me disseram que tem forma de buscar todos os filhos numa busca só, coisa que não foi passado no curso de PHP.

O curso de php é muito bom, mas realmente precisamos de um curso mais avançado de banco de dados.
★★★★☆DIA 23.02.17 11h58RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Fala Leonardo, de fato seu apontamento faz muito sentido! O que acontece é que o curso do PHP tinha/tem o foco estritamente no PHP... No entanto que o HTML e CSS é feito o download dos aquivos da pasta bem como o banco de dados.


O tio Rob mostra como o PHP interage com o banco, utiliza o PDO, e faz as interações básicas necessárias (o famoso CRUD)! Agora no curso específico de banco de dados o foco é justamente esse, vamos estudar desde o início até criação de relacionamentos, índices, store procedures, functions... Vai ser bem completo mesmo! Fica de olho e #BoraProgramar

★★★★★DIA 23.02.17 14h35RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Renan Lheureux Abraham Antunes De Oliveira

Renan Lheureux Abraham Antunes De Oliveira

Espero que sim Gustavo!! Excelente noticia! O que o nosso colega Leonardo Conde falou acima é exatamente o que eu achava quando terminei o wsphp...faltava mais informações e como ele chegou naquela arquitetura.... forte abraço! sucesso!
★★★★★DIA 23.02.17 16h28RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Jorge Shimada

Jorge Shimada

Muito o bom o post e o assunto sobre BD
Gostaria de saber mais sobre criação de funções de usuário e procedimentos armazenados (stored procedures).
abs
★★★★★DIA 23.02.17 11h47RESPONDER
Gustavo Web, Miguel Arcanjo ramos
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Veremos esses assuntos no curso \o/


Vai ficar top, iremos abordar todos esses assuntos e criar exemplos práticos para aplicar essas funcionalidade.

★★★★★DIA 23.02.17 14h30RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Fernando Viriato

Fernando Viriato

Robson, muito bom o post.

Gostei da ideia do tutorial para montar um backup de restauração do banco...
★★★★☆DIA 23.02.17 11h41RESPONDER
Gustavo Web, Miguel Arcanjo ramos
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Show de bola, vamos programar então! :)

★★★★★DIA 23.02.17 14h29RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Lucas Silva

Lucas Silva

Só deixa claro que o Google não utiliza o MariaDB para aplicações principais, apenas como suporte para algumas aplicações, e fizeram isso por causa de processos com a Oracle e questões de autoridade. Acredito que usam o MariaDB mais por ser open do que por ser "melhor" que o MySQL, visto que binariamente são semelhantes. Eles usam soluções NoSQL como o Cloud Bigtable nos serviços principais.
★★★★★DIA 23.02.17 11h38RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Olá Lucas, você pode encontrar outras empresas e plataformas que trabalham com o MariaDB nesse link https://mariadb.com/products/why-mariadb :)

★★★★★DIA 23.02.17 14h28RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Ruthnaldo Garrido

Ruthnaldo Garrido

Muito bom !
PS. O Gustavo deixou de ser WEB agora é Santos.
:))
★★★★★DIA 23.02.17 11h21RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Pois é, deu uma atualizada no perfil ontem e acabou mudando o.O


Mas já voltei pro Web :)


(*embora tenho mó orgulho do meu nome hehe)

★★★★★DIA 23.02.17 14h23RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Clécio Almeida

Clécio Almeida

Boa iniciativa,
já procurei cursos de BD com a didática aplicada aqui mas não encontrei nada.
Acho que seria bem legal ter conhecimentos para deixar o sistema com bastante integridade.
Acho que se tiver um curso de BD aqui tem de seguir como os outros, do básico ao avançado para não ficar só select, join.. tem de ter funções etc
★★★★★DIA 23.02.17 10h13RESPONDER
Gustavo Web, Marcelo Santana, Arlei Ribeiro Dos Santos, Carlos Alberto camargo da silva, Jociel Abreu, Wesley Silva, Miguel Arcanjo ramos
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

CLécio, você nem sabe o que vem por ai! Mas será bem completo o treinamento, desde os conceitos básicos para que não tem familiaridade nenhuma, até queries avançadas, funções, procedures, triggers... Vamos abordar tudo isso por aqui! Vamos passar pelas funções mais utilizadas no banco para se trabalhar com datas, operadores, strings! Padrão UP. O que acha?

★★★★★DIA 23.02.17 10h26RESPONDER
Clécio Almeida, Arlei Ribeiro Dos Santos, Carlos Alberto camargo da silva, Jociel Abreu, Wesley Silva, Marcos vinicius Santos da silva, Renan Lheureux Abraham Antunes De Oliveira, José Rodrigo Cardoso Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Marcos vinicius Santos da silva

Marcos vinicius Santos da silva

No aguardo !
★★★★★DIA 23.02.17 14h40RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Thiago Neves

Thiago Neves

Todas as definições que já vi sobre SGBD (DBMS para os gringos) diferem do que você disse, mas tirando isso o artigo é muito bom.

Seria interessante se vocês lançassem algum curso mais voltado à aplicações com forte uso de banco, como um mini ERP por exemplo. Eu trabalhava com TOTVS Microsiga Protheus e nele não há chave estrangeira, por ser um sistema muito antigo, é anterior aos SGBDs e seus bancos de dados eram DBF depois CTREE e só depois SGBDs relacionais com SQL. Então seria muito útil para mim aprender uma forma correta de aplicação dos conceitos de banco de dados assim como saber qualquer macete que faça a diferença.
★★★★★DIA 23.02.17 09h50RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Pois é Thiago, eu tinha um conceito diferente de SGDB e fui estudar e de fato você está certo! Teve mais 2 alunos que me alertou sobre o meu erro... Fiz uma errata aqui no post e agora está certinho.


E enquanto eu estava digitando eu li algumas conversas sobre qual SGDB era o preferido e percebi que tem uma galera que também faz essa confusão, pelo menos agora está tudo certo e espero que quem tinha a mesma ideia que eu sobre SGDB possa rever os conceitos!


No curso de banco de dados, vamos montar um banco de dados bem legal com vários recursos! Mas provavelmente não terá uma interface para esse banco de dados, sobre somente modelagem mesmo e tudo o que é necessário para que ele trabalhe corretamente (funções, triggers, chaves primárias, relacionamentos, índices...) Mas como o curso ainda está sendo escrito, eu vou analisar com calma todas as questões levantadas pelos colegas aqui e abraçar todas as questões nesse treinamento! Padrão UP SEMPRE.


Muuuito obrigado pelo feedback :)

★★★★★DIA 23.02.17 14h19RESPONDER
Thiago Neves
Enviando Comentário Fechar :/
Thiago Neves

Thiago Neves

Show de bola!
★★★★★DIA 23.02.17 17h37RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Françoes Pereira

Françoes Pereira

Sempre tive problemas com a modelagem do banco, as melhores práticas o que devo evitar, etc.
★★★★☆DIA 23.02.17 09h50RESPONDER
Gustavo Web, Thiago Neves
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Vamos passar por todos os pontos e vocês vão ver como faço! Vou mostrando para vocês o passo a passo :)

★★★★★DIA 23.02.17 14h14RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Jonas Souza

Jonas Souza

Muito bom! e sobre a aplicação pra validar backup, EU QUERO!
★★★★★DIA 23.02.17 09h44RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Vamos providenciar essa aplicação, vou botar a agenda em ordem aqui e separo um tempo para criarmos essa aplicação em aula.

★★★★★DIA 23.02.17 14h09RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Péterson Silva

Péterson Silva

Gostei mto do post e queria saber sim essa questão de Chaves estrangeiras, me ajudaria muito com o meu conhecimento!
★★★★★DIA 23.02.17 09h20RESPONDER
Gustavo Web, Arlei Ribeiro Dos Santos, Thiago Neves
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Faaala Péterson, vamos abordar sim a questão de chaves e mostrar a diferença entre chave primária, chave estrangeira e o porque de cada uma delas! Vou se esse assunto eu preparo um vídeo, assim fica mais dinâmico os exemplos que passar para vocês! :)

★★★★★DIA 23.02.17 09h41RESPONDER
Péterson Silva, Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Everton Simoni de oliveira

Everton Simoni de oliveira

É possível dentro da minha aplicação eu ter um backup diário? Isso é feito direto no Host?
Ha, o que é um programador NUTELA? HAHAHAHAHAH
★★★★★DIA 23.02.17 09h19RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Everton não só é possível ter backup diário, como deveria ser lei! Há alguns caminhos para que possa ser feito backup do seu banco de dados, mas geralmente esses processos já são automatizados pelo seu host... Consulte para saber se essa opção está ativa no seu servidor! Lembre-se que essa questão varia de empresa para empresa e geralmente é um serviço adicional que é contratado!


Quanto a parte do programador nutella é só uma piada que surgiu recentemente hahahaha

★★★★★DIA 23.02.17 14h07RESPONDER
Everton Simoni de oliveira
Enviando Comentário Fechar :/
Rafael Antonio Da Silva

Rafael Antonio Da Silva

Muito bom, apoio um curso de BD!
★★★★★DIA 23.02.17 09h14RESPONDER
Gustavo Web, Thiago Neves
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Terá em breve, estou escrevendo a ementa do curso e logo devo iniciar as gravações :)

★★★★★DIA 23.02.17 14h04RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Rafael Luqueta

Rafael Luqueta

Sensacional, quero ver essa aplicação de validação isso não é uma carta é uma bazuca na manga, estou ansioso pelo curso de BD não vejo a hora estou contando e guardando as moedas já. No quesito duvidas de banco de dados sempre tive em modelagem, backup e migração de um banco para o outro ouvi falar que é um inferno fazer isso!!
★★★★★DIA 23.02.17 09h11RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Rafael, é com grande orgulho que posso dizer que migrei o banco de dados da antiga UP para o WorkControl em 2, 3 dias! Foi relativamente bem tranquilo fazer a migração... Tio Rob está ai que não me deixa mentir! Vamos ver essas etapas no curso de MariaDB

★★★★★DIA 23.02.17 14h03RESPONDER
Rafael Luqueta
Enviando Comentário Fechar :/
alysson vinicius januario

alysson vinicius januario

Excelente o artigo!
Eu gostaria de saber mais sobre modelagem, porque sempre que desenvolvemos sistemas ficam aquelas dúvidas nos relacionamentos quando é 1 para 1, 1 para N e N para N quando estamos trabalhando com muitas tabelas em banco de dados, sendo que as vezes não temos o luxo de ter um DBA para auxiliar e essa tarefa fica a cargo dos programadores.
★★★★★DIA 23.02.17 09h02RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Opa Alysson, vamos ver relacionamentos aqui sim! Acredito que com um exemplo prático de cada você já deva matar a charada para não se enroscar mais nesse assunto :)

★★★★★DIA 23.02.17 13h59RESPONDER
Rafael Luqueta
Enviando Comentário Fechar :/
JoÃo Braz

JoÃo Braz

Olá, acho que vc confundiu quando tentou diferenciar banco de dados de sgbd. Citou exemplos como phpMyadmin, etc. Na verdade SGBD, é o software que gerencia, controla e acessa a base de dados que é o banco de dados em si. Assim quando falamos em Mysql temos o conjunto SGBD (software de gerencia) e o banco de dados em si que corresponde aos dados gerenciados. Softwares como phpMysql são apenas interfaces gráficas amigáveis, ou GUI, que facilitam a interação com o SGBD...
★★★★★DIA 23.02.17 08h37RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Pois é João, eu tinha um conceito errado sobre SGDB! Teve um outro aluno também que me alertou e eu fui estudar para ver e de fato o que passei não estava correto, fiz uma errada aqui no post para ficar tudo certinho. Obrigado pelo feedback!

★★★★★DIA 23.02.17 13h55RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Edson Luiz Lima Dos Santos

Edson Luiz Lima Dos Santos

Bom artigo Gustavo, a ideia da ferramenta é interessante. Se possível coloca um artigo sobre o uso do phpAdmin, acredito que deve ter muitos que precisam mais não sabem operar essa ferramenta. Valeu abraços e sucesso.
★★★☆☆DIA 23.02.17 08h32RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Quando formos para a tela do computador, os primeiros passos eu vou mostrar no programa que eu gosto de trabalhar e no phpMyAdmin por ser mais "universal" aqui dentro da up por já vir com o WAMP e XAMPP! Assim ninguém fica para trás :)

★★★★★DIA 23.02.17 13h54RESPONDER
Edson Luiz Lima Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Hierra Strunger

Hierra Strunger

Acho que você confundiu SGBD com Database Management and Development/Design Software.
São basicamente três os componentes de um SGBD:
- Linguagem de definição de dados;
- Linguagem de manipulação de dados;
- Dicionário de dados.
Softwares de gerência e desenvolvimento/designer não necessariamente são SGBDs, PostgreSQL e Oracle são notóriamente SGBDs, basta verificar a própria documentação de ambos.
★★★☆☆DIA 23.02.17 08h24RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Fala Hierra, de fato o meu conceito sobre SGDB não era o correto! Eu tinha o mesmo conceito que vários colegas também tem, e já até comuniquei todo mundo sobre o termo :)


Muito obrigado pelo feedback, fiz uma errada no post para ficar tudo certinho!

★★★★★DIA 23.02.17 13h52RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Ezequiel Da Silva Oliveira

Ezequiel Da Silva Oliveira

Ótimas Dicas!
★★★★★DIA 23.02.17 08h20RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Que bom que tenha gostado Ezequiel! Vou publicar posts de maneira recorrente a partir de agora :)

★★★★★DIA 23.02.17 13h51RESPONDER
Ezequiel Da Silva Oliveira
Enviando Comentário Fechar :/
Sérgio Marinho M. Cavalcante Junior

Sérgio Marinho M. Cavalcante Junior

Gustavo, bom dia,
Ótimo post, aborda um assunto pouco difundido mais de suma importância para administradores de dados. Conte comigo para construirmos algo para o backup, se é que darei conta de acompanhar as feras, mais de tudo vamos lá.
Parabéns a vcs por mais esta sacada. Luz e paz
★★★★★DIA 23.02.17 08h15RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Faaaaaaala Sérgio, o post tem algumas premissas para que todos estejamos alinhados e falando o mesmo idioma :)


Os próximos assuntos vou manter uma ordem cronológico nos assuntos para não atropelar o conteúdo.

★★★★★DIA 23.02.17 13h50RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Williams Batista de lima

Williams Batista de lima

Até agora não sei absolutamente nada de BD, e irei aproveitar a oportunidade para aprender sobre...
★★★★★DIA 23.02.17 01h35RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Top Wiliams, vou começar a compartilhar conteúdo com vocês aqui :)

★★★★★DIA 23.02.17 13h49RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Daniel Schumaher

Daniel Schumaher

Parabéns pelo artigo... muito bacana mesmo!
Gostaria de aprender mais sobre modelagem e estruturação de BD.... a ideia da aplicação para validar o restore seria muito legal...

Precisa aparecer sua assinatura no artigo Gustavo... rs
★★★★★DIA 22.02.17 23h50RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Vou providenciar a assinatura hahaha!


Vamos criar essa aplicação sim! A princípio vamos fazer ela bem básica, mas que poderá ser incrementada pelos alunos para poder fazer a homologação das bases de dados.

★★★★★DIA 23.02.17 13h48RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Lucas Alberto Conci

Lucas Alberto Conci

Parabens pelo post Gustavo.
Muito bom!

Acredito que seria muito valida essa aplicação para backup
★★★★★DIA 22.02.17 23h34RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Vou me programar e pegar um dia para criar essa aplicação! Vamos fazer em aula :)

★★★★★DIA 23.02.17 11h52RESPONDER
Lucas Alberto Conci
Enviando Comentário Fechar :/
Alisson Pereira Santana

Alisson Pereira Santana

Conteúdo muito bacana, parabéns!
Sempre tive dúvidas de como fazer um leitura utilizando varias SELECT dentro de SELECT e tbm de como fazer um INNER JOIN numa leitura de 3 tabelas ou mais
★★★★★DIA 22.02.17 23h30RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Isso ai nós vamos resolver em dois tempos :)


Assim que começarmos a manipular as queries veremos como montar toda a estrutura do select e você não terá problemas para montar queries complexas!

★★★★★DIA 23.02.17 11h52RESPONDER
Alisson Pereira Santana
Enviando Comentário Fechar :/
Alisson Pereira Santana

Alisson Pereira Santana

Show de bola Gustavo! Aguardo ansioso...
★★★★★DIA 23.02.17 13h33RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Carlos Alberto camargo da silva

Carlos Alberto camargo da silva

Agora a coisa começou a clarear... tenho muitas duvidas e alguns medos sobre banco de dados, gostei da idéia de montar uma aplicação para validar os dados.
Gosto de manter todos os registros do DB, nunca apagar e fazer poucos updates, usar na maioria das vezes o create, e cada registro ter um campo com o ID de quem criou este registro. Ai vem as duvidas... Quem sabe aborda-las em artigos futuros.

- Isso de não apagar registros, pode se tornar um problema, já que o banco ira crescer muito?
- Como fazer um teste de performance, para saber se a quantidade de dados ou sua estrutura, esta reduzindo sua performance?
- Como descobrir se precisamos usar uma ferramenta de Business Intelligence (BI), para ter melhor performance na mineração dos dados?
Tenho muitas outras duvidas, mas tenho certeza que com o tempo, e com o treinamento que esta por vir, elas serão derrubadas uma a uma.

Obrigado pelo excelente artigo Gustavo Web, que venha muitos outros!
★★★★★DIA 22.02.17 22h17RESPONDER
Gustavo Web, Alisson Pereira Santana
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Faaaala Camargo Pro, de fato a ação de deletar registros deve ser muito bem ponderada! Afinal quando você deleta o registro você perde o histórico do que aconteceu, mas banco de dados foi feito para comportar uma grande quantidade de registros...


Para testar a performance da sua query você pode pesquisar por explain query! É usado termos pouco utilizados como tuplas byteassoc entre outros mas você consegue compreender o funcionado na estrutura da query e identificar onde está sendo o gargalo que pode estar causando uma possível lentidão por exemplo.


Quanto ao BI, esse é um sistema beeeeeem avançado que você vai trabalhar quando tiver um grande banco de dados e na grande maioria dos casos em que é necessário trabalhar com uma ferramenta dessas, as empresas tem vários sistemas (um para o RH, outro para vendas, outro para cobrança...) e o BI irá concilitar todas essas informações de forma centralizada. Mas até a arquitetura do banco de dados do BI é diferente! É chamado de dimensão as tabelas... A gente pode até abordar um tópico a respeito de como funciona e a experiência que tenho com isso! Podemos até estudar uma ferramenta de ETL (extract, transform and load).

★★★★★DIA 23.02.17 11h50RESPONDER
Carlos Alberto camargo da silva, Alisson Pereira Santana
Enviando Comentário Fechar :/
Alisson Pereira Santana

Alisson Pereira Santana

Camargo Pro se vc já guarda todos os links do grupo no face imagina os backup's dos projetos rsrsrs
★★★★★DIA 23.02.17 13h38RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Jean Marques dos santos

Jean Marques dos santos

Show !!!
★★★★★DIA 22.02.17 21h59RESPONDER
Gustavo Web, Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Abimael Emidio Cardoso

Abimael Emidio Cardoso

Muito Bom, Ansioso para o curso de MariaDB. #UpInside #MyTimeMyDreams
★★★★★DIA 22.02.17 21h52RESPONDER
Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Está no forno, em breve começo as gravações! Você já encontrará ele no club... O primeiro Code Point já está reservado :)

★★★★★DIA 23.02.17 10h43RESPONDER
Arlei Ribeiro Dos Santos, Abimael Emidio Cardoso
Enviando Comentário Fechar :/
Otavio Pimenta

Otavio Pimenta

O Firebird apartir da versão 3 , foi melhorado e praticamente refeita a sua arquitetura no que se diz respeito a web, onde seu maior pecado era a performance. O mesmo conta com os recursos extraordinários que sempre teve de otimização de leituras, triggers, procedures, etc e e acrescentado recursos como envio de comandos em bloco e armazenamento de tabelas (determinadas pelo dev) em cache no cliente. Ainda estou conhecendo essa nova versão que aparenta estar sensacional. No momento trabalho com firebird v2.5 em desenvolvimento de aplicações desktop. #boraprogramar.
★★★★★DIA 22.02.17 21h47RESPONDER
Gustavo Web, Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Bacana! A tempos atrás eu tive uma experiência com o firebird também e foi bem legal... Eu achava loucura a ideia de não ter um campo AUTO_INCREMENT hehehe... Ali que eu conheci a tal da sequence!

★★★★★DIA 23.02.17 10h33RESPONDER
Otavio Pimenta, Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
António Miguel

António Miguel

Pessoal conheci esta modalidade no PostgreSQL que ao ao acionares no campo id o nome que queiras que fica AUTO_INCEMENT troques por um serial e fica tudo resolvido.
★★★★☆DIA 24.02.17 06h05RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Isso ai António... Você pode usar o serial ou uma sequence, mas no Postgres é assim mesmo que se usa! No mysql, no mariadb você pode simplesmente informar como AUTO_INCREMENT!

★★★★★DIA 24.02.17 10h19RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Arlei Ribeiro Dos Santos

Arlei Ribeiro Dos Santos

Simplesmente Top esse Post!
Que saudade estava de ler esses Posts da UpInside. Muito claro e objetivo Gustavo. Show de bola essa parceria do tio Robson com seu sobrinho Gu. kkkkk

Demais main! Parabéns. Que venham mais Posts assim.. #BoraProgramar
★★★★★DIA 22.02.17 21h30RESPONDER
Gustavo Web
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Terá siiiiiim cara! A casa está ficando em ordem agora e vamos compartilhar muito conteúdo aqui. Bora aumentar a skill em DB agora :)


#BoraProgramar

★★★★★DIA 23.02.17 10h18RESPONDER
Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Carlos Cesar Pinto Santos

Carlos Cesar Pinto Santos

Boa noite,
Gerenciar Banco de Dados é muito bom, Antes de entrar no UP como aluno, eu estudava Delphi e o gerenciamento do banco de dados e estrutura que criamos era coisa de doido.
Mias será muito bom, estudar Banco de Dados, principalmente fazer no Admin uma opção de Fazer Backup e Restaurar Backup.
E principalmente um sistema de grande porte.
Abraços a todos
★★★★★DIA 22.02.17 21h29RESPONDER
Gustavo Web, Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Vou estruturar uma aplicação para verificarmos o dump do banco e confrontar para saber se está tudo certo com o backup. Homologar o backup é importante tanto quanto ter um backup! Fica de olho aqui na Up que em breve eu trago novidades.

★★★★★DIA 23.02.17 09h44RESPONDER
Vinicios Oliveira, Paulo Ricardo Ortiz Dos Santos, Arlei Ribeiro Dos Santos, Ademir Bastiani, Carlos Cesar Pinto Santos, Fernando Pessoa
Enviando Comentário Fechar :/
Vinicios Oliveira

Vinicios Oliveira

Tooooop Gustavo, #BoraProgramar ♥
★★★★★DIA 23.02.17 10h02RESPONDER
Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Gustavo Web

Gustavo Web

Que bom que tenha gostado Vinicios... Vamos pegar essa aplicação para fazer em vídeo!

★★★★★DIA 23.02.17 10h23RESPONDER
Arlei Ribeiro Dos Santos
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/