Marketing e Conteúdo / Google AdWords

Crie uma campanha de remarketing utilizando o Google AdWords

Confira como adicionar a sua global tag, criar lista de clientes e subir uma campanha completa na rede de display do Google AdWords

Por Kaue Francisquini

Publicado por Kaue Francisquini
em 07/12/2018 às 09h40

Lista VIP UpInside

Entre para nossa lista VIP e receba vídeo aulas, artigos e tutoriais exclusivos e com prioridade

  QUERO ENTRAR

Aula exclusiva UpInside Play

Acessar aula no Play

Compartilhe:

Fala galera! Na aula de hoje você aprende a trabalhar com o remakerting do Google AdWords e utilizar esse público extremamente segmentando para criar sua campanha. 

A estratégia que vamos utilizar vai desde a tag global do seu site no AdWords, criando uma lista dos clientes através das URL's até a parte de subir uma campanha para finalizar com chave de ouro! 

O remarketing

Antes de partir para questões técnicas é fundamental entender o que significa remarketing e qual o seu peso de importância em uma campanha digital no Google AdWords.

O remarketing é um aliado fundamental em qualquer campanha pois ele utiliza o público segmentado que chegou a um certo ponto e não finalizou sua ação principal, seja uma compra não efetuada ou um cadastro não realizado. 

A estratégia que vamos utilizar parte de uma captação de e-mail tradicional e quando chega no remarketing o cadastro é invertido para primeiro apresentar o conteúdo e depois cadastrar. 

Com um público de remarketing é possível apresentar novos anúncios do mesmo produto ou de produtos semelhantes, podendo ser apresentado na Rede de Pesquisa, Rede de Display, Shopping ou Vídeo.

Para nosso exemplo será utilizado a Rede de Display pois na questão de remarketing é um dos mais utilizados e se adapta a quase todos os tipos de estratégias de campanha. 

Tag Global do seu site

A Tag Global é única para todo seu site e com ela é possível extrair diversas informações do público que acessou a sua página através de anúncios do Google. 

Para que essa tag funcione é necessário a instalação em todo o site utilizando a configuração ensinada na aula. Caso queira verificar se a tag está funcionando corretamente você poderá recorrer ao código fonte da página ou então ao Tag Assistant, uma extensão do Chrome que verifica o status da Tag.

Com a Tag instalada e funcionando você começará a trabalhar especificamente com a estratégia de remarketing da sua campanha, para isso o próximo passo é criar uma Lista de Clientes.

Lista de Clientes

A lista de clientes organiza e segmenta diversos públicos para que você consiga através deles criar campanhas específicas. Para fazer sua criação é necessário acessar ao Gerenciador de Públicos-Alvo.

Para que o Google entenda de onde você quer extrair o público do seu site você poderá selecionar entre diversas possibilidades, na nossa estratégia utilizaremos os Visitantes de um website que acessaram uma URL específica porém NÃO acessaram a outra URL específica...

...Mas por que disso Kaue?

Com essa regra de acesso é possível entender que o visitante acessou uma página porém não acessou outra. Trazendo para um exemplo real é a mesma coisa que chegar a uma página de cadastro e não chegar a página de confirmação, afinal você não se cadastrou e saiu antes.

Outro exemplo é o acesso ao checkout de compra porém fechar a página e não chegar a página de compra aprovada. 

Caso a sua estratégia necessite de outra regra fique tranquilo que o Google oferece muitas outras possibilidades de combinações! 

No ato da criação da lista você poderá escolher entre o público que já visitou a sua página nos 30 últimos dias até 540 dias ou então começar uma lista vazia. Caso seu público de 30 dias não seja tão segmentado ou então não tenha um bom aquecimento, minha sugestão é que você crie uma lista do zero e a partir dela inicie sua estratégia da melhor forma.

Caso você crie sua lista e ela não carregue o total de pessoas, fique tranquilo! É normal o Google demorar algumas horas ou até dias para puxar essas informações.

Com sua lista de clientes pronta e aquecida você poderá partir para a criação da sua campanha, que é o nosso próximo passo...

Campanha de Display

Com sua Lista criada é possível partir para o campo de batalha e começar a criação das suas campanhas e anúncios, mas você precisa tomar alguns cuidados...

O primeiro deles é utilizar somente a lista específica como público para a campanha, afinal é nela que você precisa trabalhar e são eles a quem você quer mostrar novamente seu anúncio.

O segundo ponto é que na grande maioria das estratégias os públicos são derivados de páginas específicas ou momentos específicos de ação, portanto esse público tende a ser menor e você não precisará segmentar mais ainda no ato da criação da campanha, afinal ele já está segmentado. 

Você poderá escolher onde quer que sua campanha seja exibida, podendo ser apresentado na Rede de Pesquisa, Rede de Display, Shopping ou Vídeo.

A Rede de Display é a principal forma de fazer o remarketing pois ela acompanha seu público em diversos sites que ele navega, no youtube e até mesmo em seu Gmail. 

No ato da criação para poder selecionar a sua lista é necessário que na opção de Públicos-alvo você selecione a opção "Como eles interagiram com sua empresa" e após isso abra a opção de "Visitantes do website" para então selecionar a lista que você criou. 

Para trabalhar com essa rede você precisará ter imagens de diversos tamanhos que serão utilizadas para a propagação do seu anúncio. O Google oferece a possibilidade de responsivar alguma imagem sua padrão para os anúncios, porém eu sugiro que você crie realmente as imagens em seus devidos formatos para ter uma conversão melhor. 

Com todas essas configurações e segmentações feitas, você poderá ativar suas campanhas e partir para o campo de batalha! 

Boas vendas! 

Feedback

Caso tenha qualquer dúvida sobre o remarketing com Google AdWords é só falar aqui abaixo nos comentários que estarei disponível para responder e te ajudar a criar as melhores campanhas!

Compartilhe:

Em Marketing e Conteúdo:

Deixe seu comentário: