Marketing e Conteúdo / Produção de conteúdo

O que você precisa saber antes de gravar screencasts para produzir vídeos incríveis

Aprenda as principais dicas práticas utilizadas na UpInside desde os softwares utilizados até a edição para gravar screencasts impactantes de seus projetos para seus clientes

Por Kaue Francisquini

Publicado por Kaue Francisquini
em 21/07/2017 às 08h00

Lista VIP UpInside

Entre para nossa lista VIP e receba vídeo aulas, artigos e tutoriais exclusivos e com prioridade

  QUERO ENTRAR
Compartilhe:

Fala Galera, tudo certo?!

Vejo muitos alunos perguntando quais os softwares que utilizamos para gravar/editar telas, afinal, os desenvolvedores possuem seus projetos e querem mostrar para os clientes…

…Porém gravar vídeos de rosto não é o forte, além mesmo pela timidez de alguns.

Portanto nesse artigo será ensinado a como gravar a tela para demonstrar seus projetos com algumas dicas bem bacanas e os nomes dos softwares que utilizamos aqui na Up.

Tentarei abordar os principais pontos com as dicas chaves para você ter uma qualidade ótima em seu vídeo, caso tenha alguma dúvida ou sugestão coloque no comentário, ok?!

Então vamos lá…

Vídeos de tela (screencasts)

Esse tipo de vídeo é baseado em você fazer a gravação da sua tela podendo ter áudio por trás ou não, ele serve muito bem para demostrar por exemplo trechos de código.

Digamos que você possui um projeto que deseja demonstrar para seu cliente e não tem noção de como fazer isso, você poderá realizar uma gravação de tela explicando por trás o funcionamento de cada uma das funcionalidades.

O legal nesse tipo de gravação é que mesmo você errando terá a chance de editar e passar totalmente despercebido.

Planeje bem seu conteúdo e tudo o que será mostrado, organize sua área utilizada no vídeo para não deixar nenhum programa ou janela aparecer como intruso em seu vídeo. Você também poderá cortar o vídeo para redimensionar e ficar 100% no projeto.

Seu conteúdo deverá ter começo, meio e fim, é fundamental que você mostre ao cliente de onde ele está partindo, qual o caminho que está seguindo e qual o final que obteve.

Outra dica bem bacana caso você não tenha tanta experiência gravando telas é tentar mexer o mouse somente nos momentos em que realmente precisa, isso facilitará muito sua vida na edição e deixará o vídeo com uma fluidez melhor.

Tipos de Trilha

Caso você escolha utilizar músicas como fundo do vídeo tome cuidado! É fundamental que sua música não seja enjoativa e passe sempre como FUNDO do vídeo.

Caso queira explicar o que está ocorrendo, você poderá utilizar microfones como por exemplo o que vem acoplado ao fone da Apple, ele já poderá te dar um começo no mundo da captação de áudio…

…Tome muito cuidado com sua entonação de voz, ela ditará toda a emoção do vídeo, afinal, não tem rosto para visualização.

Softwares

Poderá utilizar softwares como camtasia para o Windows (fantástico) e o screenflow para o Mac. Ambos softwares nós já utilizamos para as gravações e edições das aulas da Up.

Estes softwares são pagos, porém sempre suportaram toda a demanda que a Up precisou para gravar e editar, além também de ter os recursos necessários para termos nossa qualidade.

Não citei softwares gratuitos pois esses foram os que trabalhei aqui na Up por anos e tenho certeza que vão te ajudar, porém caso você conheça outro software poderá deixar nos comentários para ajudar outros alunos! :)

Agora que você já sabe como funciona o processo de gravação de tela basta apenas que comece suas gravações!

Existem diversas outras dicas porém essas são as principais e práticas. Tenho certeza que vão te ajudar no dia-a-dia.

Deixe seu comentário abaixo dizendo o que achou e se tem alguma dúvida ;)

Bora gravar então!

Compartilhe:

Em Marketing e Conteúdo:

Deixe seu comentário: